Flourish Iron

Flourish Iron

19,90 €

incl. impostos, mais envio

Descrição

O ferro é imóvel nas plantas. Isso significa que as plantas não podem desviar o ferro das folhas mais velhas para as novas. Portanto, os sintomas de deficiência aparecem primeiro em folhas novas ou jovens. Como as plantas usam ferro para produzir clorofila, a falta de ferro resulta em clorose, ou amarelecimento, das folhas mais jovens. As hastes também podem parecer curtas e delgadas. Se a deficiência for severa e prolongada, cada nova folha emerge de cor mais clara do que a folha anterior.

Ao escolher um suplemento de ferro, é importante saber a distinção entre as duas formas de ferro. O ferro estará em um dos dois estados de oxidação: ferroso com carga +2 ou férrico com carga +3. Ferro ferroso, a forma de ferro preferida e solúvel em água em qualquer pH. O ferro férrico, no entanto, só é solúvel abaixo de um pH de cerca de 5,5; mas se o pH for superior a 5,5, o que provavelmente será em um aquário plantado, o ferro férrico se tornará insolúvel e precipitará, instalando-se na zona radicular. Uma vez que isso ocorre, a absorção foliar torna-se impossível.

Para superar essa precipitação, os produtos concorrentes empregam um quelato de ferro férrico: ferro-EDTA. Embora isso o mantenha solúvel, ele tem algumas desvantagens em relação à absorção foliar de ferro. (1) A ligação ferro-EDTA é muito forte, portanto, muito pouco do ferro estará disponível para as plantas em um determinado período de tempo e (2) energia fisiológica deve ser gasta pela planta para extrair o ferro férrico do EDTA- ferro e depois convertê-lo (reduzi-lo) à forma ferrosa. Nossa abordagem é diferente, pois usamos um complexo (não quelato) de ferro ferroso em Flourish Iron™.

Flourish Iron™ é um suplemento de gluconato de ferro ferroso altamente concentrado (10.000 mg/L). As plantas podem obter muito mais facilmente um benefício do Flourish Iron™ porque o gluconato de ferro ferroso já está na forma ferrosa, então elas não gastam energia reduzindo-o. Apesar do que outros fabricantes podem sugerir, o gluconato não é prejudicial para plantas ou peixes. Na verdade, o gluconato ferroso é mais adequado para a alimentação foliar do que o ferro-EDTA devido à ligação ferro-gluconato relativamente mais fraca em relação à ligação ferro-EDTA. Além disso, o gluconato ferroso tem a vantagem adicional de ser uma fonte de carbono.

Tamanhos: 50 mL, 100 mL, 250 mL, 500 mL, 2 L, 4 L